Pular para a barra de ferramentas
 

“Mente e coração”: na busca por título, capitão do Nacional lembra da Chape

Alexis Martínez é capitão do Atlético Nacional
(Foto: Jorge Natan)

Zagueiro Henríquez diz que equipe brasileira tinha um sonho, assim como os colombianos, e técnico afirma que melhor homenagem é “fazer um lindo” Mundial

O trauma vivido há menos de duas semanas, com a queda do avião da Chapecoense perto de Medellín, fez com que o Atlético Nacional embarcasse para o Japão com a equipe brasileira em seus pensamentos. E também em seu coração. Quem afirma isso certamente pode ser visto como porta-voz do time que disputa o Mundial de Clubes nos próximos dias: o capitão Alexis Henríquez.

Foi o zagueiro de 33 anos que levantou a possibilidade de dedicar um possível título no Japão  ao time de Chapecó, que enfrentaria o Nacional na decisão da Copa Sul-Americana. A motivação de Henríquez é a certeza de que os atletas vitimados na tragédia tinham um sonho em comum com o elenco verdolaga: a busca por um título histórico.

– Para nós, a tragédia vai ficar marcada por toda a vida, pois não se espera que aconteça isso. Quando entrarmos no gramado, vamos pensar que vamos representar o futebol colombiano e o futebol sul-americano. Sempre vai estar em nosso coração e nossa mente, pois tinham o sonho, como nós, de disputar uma final – disse o zagueiro.

Fonte:Globo Esporte

Facebook Comments

Sistema J1

Deixe uma resposta

Next Post

Roberto Justus cantando,vejam...

sáb dez 10 , 2016
Facebook Comments Post Views: 34