Novas informações sobre feminicídio na zona rural

Novas informações sobre feminicídio na zona rural

Márcia era trabalhadora, mãe de família e querida por toda a Pedra do Indaiá.

 

A Polícia Civil realizou a apreensão do adolescente de 17 anos de idade acusado de assassinar brutalmente a comerciante Márcia Silva (42) na cidade de Pedra do Indaiá.

A vítima foi localizada sábado numa área situada na zona rural do município. A mulher tinha perfurações de faca na região do pescoço.

Ontem, o adolescente se entregou às autoridades e confessou o crime.

O carro da vítima foi localizado na cidade de Lagoa da Prata. A Polícia Civil suspeita que hajam mais pessoas envolvidas no assassinato.

Motivações

As razões do assassinato ainda não foram oficialmente reveladas. A polícia trabalha com a hipótese de crime passional, visto que as partes já tiveram envolvimento amoroso e moraram juntos.

Márcia foi brutalmente esfaqueada pelo jovem. No passado, o acusado teve envolvimento amoroso com a filha da vítima.

O adolescente segue apreendido. Por ser menor, ele responderá ao processo gozando dos benefícios concedidos pelo Estatuto da Criança e do Adolescente.

Vizinhos do acusado afirmam que o menor apresentava comportamento problemático, gerando constantes atritos com pessoas de bem na cidade.

Pedra do Indaiá

Moradores da pacata cidade velaram a conterrânea durante a tarde de domingo.

Márcia era divorciada, trabalhadora e mãe de dois filhos.

Moradores, familiares e amigos de toda a Pedra do Indaiá exigem justiça.

Quem possuir informações pode denuniar anonimamente através do 181 da Polícia Civil ou ao 190 da Polícia Militar,

Fonte:Sistema MPA

Facebook Comments

Deixe uma resposta