Eleitora registra boletim de ocorrência alegando não ter tido o voto computado em BH

Uma eleitora do Barreiro registrou, na manhã deste domingo (7), um Boletim de Ocorrência para denunciar problemas na urna eletrônica em que ela votou.

De acordo com as informações passadas à Polícia Militar, a mulher digitou o número do candidato à Presidência da República e o voto não foi confirmado. Ela ainda relatou que chamou imediatamente o mesário da seção para averiguar o caso, que foi registrado na Central de Flagrantes 3.

A PM esclarece que, nos casos em que o eleitor se sentir lesado, é possível registrar Boletim de Ocorrência. Além disso, o Tribunal Regional Eleitoral garante que as situações de problemas nas urnas devem constar em ata do presidente da mesa. A ocorrência será avaliada por um juiz eleitoral.

Outros casos

De acordo com a Polícia Militar, até o momento não há outros registros nesse sentido nas delegacias. Entretanto, uma idosa eleitora de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, acabou sendo impedida de registrar seu voto, porque o sistema teria apontado que ela já havia votado. A mulher, de 70 anos, estava acompanhada da filha, que informou o ocorrido ao coordenador da seção eleitoral.

Fonte:Jornal Hoje em Dia

Facebook Comments

Deixe uma resposta