Pular para a barra de ferramentas

Pense nisso…

Se precisa cobrar, suplicar, espernear, brigar, correr atrás é sinal de que não há reciprocidade…E se não existe esse fluxo natural e espontâneo de energia, sensações e vontade, não insista! Observe, constate e aceite, consciente da realidade.
Nada de se humilhar! Nem ouse apelar, se rebaixando ou buscando estratégias daqui e dali para que alguém corresponda seu investimento afetivo.
Inclusive, sugiro recolhê-lo e poupá-lo. Afinal, tudo o que você tem aí é valioso demais para ser focado e desperdiçado em quem não consegue, não se permite, não sabe e não quer aproveitá-lo.
Por Pamela Magalhães

Foto:Reprodução

Facebook Comments

Deixe uma resposta