Pular para a barra de ferramentas

Galileu Machado afirma “a prefeitura de Divinópolis está falida”

 

O Sintram e diretores do Sintemmd, reuniu-se na manhã desta sexta-feira (31/03) com o prefeito Galileu Machado (PMDB).  A pauta do encontro foi para a apresentação da contraproposta do Executivo às reivindicações que constam da campanha salarial dos servidores municipais para 2017.

A pauta aprovada pela assembleia dos servidores reivindica reposição salarial de 12%,  reivindica ainda a elevação do tíquete-alimentação de R$ 8 para R$ 20 e realização de concurso público.

Galileu  apresentou a contraproposta oficial do município, ofereceu apenas 4%, sendo 2% imediatamente e mais 2% somente em dezembro, que será pago somente em janeiro de 2018.  O prefeito ainda se negou a conceder qualquer reajuste no tíquete-alimentação e como também recusou a fazer a revisão do Plano de Carreira, Cargos e Salários (PCCS) para sanar as perdas históricas do funcionalismo municipal.

Galileu Machado  afirmou  que “a prefeitura de Divinópolis está falida e não teria condições de arcar com a reivindicação do funcionalismo”.

Em relação aos cargos de confiança de um total de 240, Galileu já ocupou 210 cargos de confiança, 54 a mais do que o governo anterior ao fim do mandato.

Desse total,  39,1% dos cargos foram dados a servidores de carreira. Na próxima terça-feira os servidores municipais reúnem-se em assembleia às 17h30, na sede do Sindicato dos Metalúrgicos. Na ocasião a categoria vai votar a contraproposta do Executivo.

Fonte:Sistema MPA

Facebook Comments

Deixe uma resposta