Pular para a barra de ferramentas

Dica do Dia…

Quantas não são às vezes que insistimos para que alguém enxergue a mesma coisa que enxergamos, ou quem sabe insistimos que outro veja o que está tão claro à nossa óptica!
Pois é… O que vemos não é tão lógico assim. Cada um consegue enxergar aquilo que suporta, o que pode e aguenta. Lemos a vida com as histórias que conhecemos e principalmente com aquelas que contamos e recontamos para nós.
Não adianta se descabelar para que o outro veja o que você vê! Alcance as possibilidades que você vislumbra. Os olhos podem ter capacidades parecidas, mas as interpretações serão sempre contaminadas pelo próprio legado de vida.
Por: Pamela Magalhães

Foto:Reprodução/Facebook

Facebook Comments

Deixe uma resposta