Pense nisso….

Refletir sobre convivência tem dessas. Quando você concorda com tudo, faz vista grossa para situações críticas e não apresenta alterações, você é tido como bonzinho, alguém bacana de se conviver. Normalmente é querido pela maioria e considerada uma pessoa boa praça, gente boa.
Agora, bastou se impor um pouco, não deixar passarem por cima, colocar limites, respeitar-se, poupar-se e reivindicar seus direitos, para causar impacto nas mais variadas relações.
E pode ter certeza, não é fácil. Mas não é mesmo! Frustrar expectativas alheias, contráriar os desejos de alguém, vai sim deixá-lo desgostoso e fará com que você seja menos “querido” por um tempo, mas se o vínculo for digno de continuidade, ele suportará também negativas e você também aguentará não ser tão amado por algum período.
Acredite! Ser justo e posicionar-se, garantirá o respeito necessário que todos nós precisamos e devemos ter em nossas vidas.
Por: Pamela Magalhães

Foto:Reprodução/Facebook

Facebook Comments

Deixe uma resposta