Pular para a barra de ferramentas

Conheça o Captur, o novo SUV da Renault, lançado nesta terça-feira Utilitário-esportivo ficará posicionado acima do Duster e terá duas versões, com motores 1.6 16V e 2.0; preços são a partir de R$ 78.990

A Renault lançou o Captur, seu novo utilitário-esportivo (SUV). Posicionado acima do Duster, ele entrará na disputa do segmento que mais cresce no mercado brasileiro e irá encarar a concorrência de modelos como o Honda HR-V, Jeep Renegade e Nissan Kicks.

Ele chega em duas versões: Zen, com motor 1.6 e câmbio manual, e Intense, com propulsor 2.0 e câmbio automático de quatro marchas. Os preços são a partir de R$ 78.990 e R$ 88.490, respectivamente.

Pacotes

As duas versões do Renault Captur têm o sistema multimídia Media Nav (opcional na Zen com preço de R$ 1.990), com tela sensível ao toque de sete polegadas, com GPS integrado, bluetooth e câmera de ré, entre outros recursos. Há também comandos satélites para controlar o sistema.
Toda a gama inclui de série o controle de velocidade de cruzeiro, com o limitador de velocidade. Sensores crepuscular e de chuva e retrovisores laterais rebatíveis eletricamente, são itens de conveniência presentes no Captur. A direção é do tipo eletro-hidráulica.

O pacote de segurança inclui, de série em ambas as versões, os controles eletrônicos de estabilidade (ESP) e de tração (ASR). O SUV oferece quatro airbags de série (dois frontais e dois laterais). Sistema de fixação Isoix para duas cadeirinhas infantis no banco traseiro garante a segurança no transporte de crianças. A assistência para arrancadas em ladeiras é acionada quando o carro se encontra em uma inclinação superior a 3°. Esse sistema freia o carro por até 2 segundos.

O Captur também é equipado com luzes de conversão chamadas de Cornering Lights, integradas aos faróis de neblina dianteiros. Essas são acionadas automaticamente ao girar o volante, permitindo melhor visibilidade em áreas de menor luminosidade. Também câmera de ré e os sensores de estacionamento traseiros fazem parte do pacote do segurança.

Motorização

Introduzido na linha Renault no fim do ano passado, o novo 1.6 16V SCe empurra a versão de entrada do Captur. São 120 cv com etanol e 118 cv rpm, sempre a 5.500 rpm. O torque é de 16,2 kgfm a 4.000 rpm, com etanol ou gasolina. Com esse motor, o SUV tem uma transmissão manual de cinco velocidades.

O motor 2.0 16V tem 148 cv a 5.750 rpm quando abastecido com etanol e 143 cv – a mesma rotação – quando abastecido com gasolina. O torque é de 20,9 kgfm, quando abastecido com etanol, e 20,2 kgfm com gasolina, ambos a 4.000 rotações. O câmbio, neste caso, é automático de quatro velocidades. Os seus concorrentes contam com caixas mais modernas, com câmbio de seis velocidades.

 

Facebook Comments

Deixe uma resposta